Mais Babel


Agora que o final de semana já está acabando, a coluna publicada no Sabático de ontem, 17/4, no Estadão.

BABEL

Raquel Cozer

Bienal convoca curadores para reforçar viés cultural

A intenção de fazer da 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo um “grande evento cultural”, num contraponto à sua imagem comercial, levou a organização a convidar o maior grupo de curadores de todas as edições realizadas até hoje para cuidar da programação.  Um conselho, que terá entre os membros o diretor presidente da Cosac Naify, Augusto Massi, e o diretor regional do Sesc SP, Danilo Santos de Miranda, supervisionará o trabalho de nomes como Mauricio de Sousa (espaço infantil) e Mariana Lajolo (espaço do professor).  As mesas literárias só têm confirmado o nome de John Boyne (autor de O Menino do Pijama Listrado), embora algumas editoras já estejam divulgando autores que pretendem trazer.  A organização admite querer tirar proveito da inédita proximidade com a Flip – que neste ano ocorre de 4 a 8 de agosto –  para atrair convidados do alto escalão cultural.  Como a Bienal começa poucos dias depois, no dia 12, a ideia é convencer escritores que forem a Paraty a darem uma esticadinha até São Paulo.

QUADRINHOS
Neuroses ilustradas

Sai neste ano, pela Desiderata, Woody Allen em Quadrinhos, compilação da série Inside Woody Allen, publicada pelo cartunista Stuart Hample de 1976 a 1984 nos EUA. Focadas nas neuroses do diretor, as tiras tiveram carta branca de Allen, que só deu algumas sugestões. “Precisamos de mais tiras em que eu não apareça. Tiras com meus amigos, minhas amantes”, chegou a pedir.

TRADUÇÃO
Oswald na França
Nos 120 anos de nascimento de Oswald de Andrade, a La Différence prepara edição francesa de Pau Brasil, cujos direitos acaba de comprar da Globo. A editora brasileira teve iniciativa rara para facilitar a venda do modernista àquele mercado. Arcou com a tradução de Memórias Sentimentais de João Miramar, a cargo do francês radicado no Brasil Augustin de Tugny, e ofereceu à editora parisiense, que demonstrou interesse.

ARQUIVO
Plath e Hughes
Uma rara entrevista conjunta com os poetas Ted Hughes e Sylvia Plath, gravada para a BBC em 1961, faz parte do recém-lançado CD The Spoken Word: Sylvia Plath. O site do Guardian publicou trecho da conversa, que mostra o casal – cuja história inclui traição dele e o suicídio dela – falando da relação e de como um influenciou o outro. “Os poemas (feitos em dupla) não sobreviveram, o casamento superou os poemas”, ele diz. O trecho do áudio está em
http://tiny.cc/plath.

*

A British Library anunciou nesta semana a aquisição de exemplar anotado por Hughes da revista literária Saint Botolph’s Review, criada em 1956 por ele e amigos de Cambridge. E, em maio, finalizará o catálogo digital do arquivo do poeta, que ficará na internet.

SUSTENTABILIDADE
História do consumo
Hit no YouTube, com mais de 5 milhões de acessos, o vídeo A História das Coisas virou livro, recém-publicado nos EUA e cujos direitos a Zahar acaba de comprar. Foi escrito depois que a especialista em sustentabilidade Annie Leonard, idealizadora do documentário, começou a receber milhares de e-mails com dúvidas de internautas. O livro, como o filme animado, tenta responder “de onde vêm todas as coisas que compramos e aonde vão quando jogamos fora”.

PULITZER
Prêmio para peixe pequeno
A escolha de Tinkers, de Paul Harding, para o Pulitzer de ficção causou surpresa em especial por conta de sua editora, a Bellevue Literary Press. Criada em 2005 na escola de medicina da Universidade de Nova York e especializada no restrito nicho de livros que “relacionam ciência e arte”, a Bellevue lança apenas oito livros por ano e tem na equipe fixa somente duas pessoas.

INTERNET
Rede em versão nacional
A Ediciona, rede social espanhola voltada à indústria editorial, estreará em agosto sua versão Ediciona.br, com agenda de lançamentos e calendário de eventos locais. Brasileiros poderão divulgar trabalhos, criar blogs e se informar sobre tendências do setor. A ideia é desenvolver projetos ligados à contratação de serviços editoriais, mas a empresa ainda não fala sobre o assunto.

Anúncios

2 Respostas

  1. Nenhuma retaliação das feminazi pelo link? hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: