É um livro!


O vídeo abaixo, lançado mês passado nos EUA para promover o infantil It’s a Book, não deixa  de representar uma contradição curiosa.

“Isso é um livro” é a frase que um macaco, um dos personagens criados pelo ilustrador Lane Smith, repete para tentar explicar a um burrinho que, não, aquele “artefato” não serve para blogar, não tuíta, não precisa de senha. É um olhar sobre como as novíssimas gerações, que nascem e crescem junto com as novas tecnologias, podem se surpreender com a leitura.

A contradição: depois de ver o vídeo, não fica a impressão de que ele conta a história tão bem quanto o livro em papel poderia fazer? O Wall Street Journal questionou o autor sobre o fato de o trailer entregar demais a trama. Ele diz que queria entregar mais ainda do que está lá. E faz comentários sobre tecnologia nos livros, reações das crianças e mais nessa entrevista aqui.

Dei nota sobre o título, que sairá pela Companhia das Letras, na coluna Babel deste último Sabático (cujo texto reproduzo abaixo do vídeo).

***

[coluna publicada no Sabático de 11/9]

BABEL

Raquel Cozer – raquel.cozer@grupoestado.com.br – Estado de S.Paulo

MEMÓRIAS
Robert Capa por ele mesmo
A autobiografia do celebrado fotógrafo de guerra Robert Capa (1913-1954), Ligeiramente Fora de Foco, deve sair ainda neste ano pela Cosac Naify – lançada em 1947, a obra já foi publicada em mais de 20 idiomas, mas nunca no Brasil. Nela, cerca de 40 imagens são intercaladas pelos relatos de Capa sobre suas vivências durante a 2.ª Guerra, com destaque para o desembarque na Normandia, o Dia D, eternizado nos registros do fotojornalista.

capa_beach

COLEÇÃO
Viagens com escritores
Marcelino Freire lança no fim do ano o selo (ou movimento) Edith, dedicado a novos escritores. Um dos destaques será a coleção Que Viagem, para a qual convidou dez ficcionistas a viajar e escrever sobre suas experiências. Entre os estreantes, Gisele Werneck vai para onde Judas perdeu as botas, Maria Carolina Moraes segue para o beleléu, André Sala visita a casa do chapéu e Gabriel Pardal vai para onde não foi chamado.

*

“Quis mandá-los a destinos clássicos de autores”, diz Freire, que teve com Andréa del Fuego (enviada para o inferno) a ideia de brincar com a coleção Amores Expressos, da Companhia das Letras. O selo será lançado na abertura da 5ª Balada Literária, de 18 a 21/11, que celebrará Lygia Fagundes Telles e terá pela primeira vez uma grande festa com DJ, no dia 19, no Goethe-Institut.

EXPOSIÇÃO
Sotaques do Brasil
O Museu da Língua Portuguesa não homenageará nenhum escritor quando terminar, no ano que vem, a mostra sobre Fernando Pessoa. A exposição a ser aberta ao público em março terá como tema os sotaques dos brasileiros. Para isso, a instituição trabalha com uma equipe de professores da Universidade Federal da Paraíba que, desde 1970, vem registrando em áudio e vídeo manifestações de cultura popular pelo País.

PREMIAÇÃO
Chance para novatos
O Prêmio Benvirá de Literatura recebeu em três semanas mais de 200 obras inéditas de todo o País. O valor de R$ 30 mil, mais a garantia de publicação e distribuição, atraíram de autores conhecidos até moradores de cidades como a pequena Pio 12, de 20 mil habitantes, no Maranhão. As inscrições vão até 30/11 pelo site  www.benvira.com.br.

CINEMA
O passado de Kitano
Lançada neste ano na França, a autobiografia do cineasta Takeshi Kitano teve os direitos adquiridos pela Martins Fontes. Kitano par Kitano partiu de conversas do jornalista Michel Temman com o japonês – showman no país natal e, na França, diretor celebrado por longas como Zaitochi. A obra detalha sua infância miserável e a reação com o pai, sobre quem diz: “Eu jamais lhe dirigi a palavra. Ele nunca me disse nada.”

INFANTIL
É um livro!
It’s a Book, em que o ilustrador Lane Smith tenta destacar os méritos do livro impresso, sairá pela Companhia das Letrinhas após meteórica trajetória nos EUA, onde está nas listas de best-sellers infantis desde o lançamento, há um mês. Sucesso similar faz o trailer (acima), que entrega quase toda a trama – um burrinho, munido de laptop, perturba sem parar um macaco que tenta ler: “Dá para tuitar com isso?”.

GUERRA
Relato indesejado
O Departamento de Defesa dos EUA quer, segundo o  Washington Post, comprar toda a primeira tiragem, de 10 mil cópias, de  Operation Dark Heart, memórias do ex-agente de inteligência Anthony Shaffer. A intenção seria destruir o livro, previsto para este mês e no qual Shaffer descreve operações realizadas no Afeganistão, onde serviu em 2003.

Anúncios

2 Respostas

  1. Adorei seu blog, Raquel, parabéns!

    O vídeo “It’s a book!” é mesmo genial e faz pensar nos leitores do futuro. Compartilhei com os leitores do Guia de Leitura!

    Andréia Lago
    http://www.guiadeleitura.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: