A coluna Babel de 12/3


[publicado no Sabático]

Raquel Cozer, raquel.cozer@grupoestado.com.br – O Estado de S.Paulo

PERFIS
Menos conhecido, Thomas Mann ensaísta sai no País

Um lado pouco conhecido do romancista Thomas Mann (1875-1955) entre brasileiros, o de ensaísta, virá à tona em agosto com Perfis de Escritores, seleção de 12 textos do alemão sobre autores como Tolstoi, Zola, Heine e Ibsen. Vertidos por Kristina Michahelles e apresentados por Johannes Kretschmer, do Departamento de Letras Anglo-Germânicas da Uerj, os textos começaram a ser selecionados nos anos 80 por Jorge Zahar (1920-1998), trabalho agora finalizado pela neta, Clarice. O fundador da Zahar pretendia lançar em português vários volumes de uma extensa e inédita produção ensaística do alemão, mas engavetou a ideia quando, em 1988, a Perspectiva publicou Ensaios, com textos selecionados anos antes por Anatol Rosenfeld. “Zahar fez uma seleção bem mais ampla do que a que sai agora. A editora publicou em 2009 os discursos de Mann contra Hitler (Ouvintes Alemães!), que integrava essa seleção, e há interesse em lançar mais volumes”, diz Krestchmer. Curiosidade: nem na Alemanha, onde há anos os maiores especialistas do mundo trabalham em projeto monumental de edição crítica da obra de Mann, a totalidade dos ensaios foi publicada.

ENCICLOPÉDIA
Cultura em tomos

Com chegada ao País marcada para segunda (14) no Museu da Língua Portuguesa, em SP, a editora lusa Babel iniciou os trabalhos para ambicioso mapeamento. Está selecionando especialistas para sua Enciclopédia da Cultura Brasileira, em vários volumes. Será “a melhor do gênero”, diz o presidente do grupo, Paulo Teixeira Pinto. Algo nos moldes da Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura, que teve 20 tomos de 1963 a 1995 pela Verbo, atual selo da editora.

INFANTIL-1
Temporada de pinguins

Clássico da literatura infantil em língua inglesa, Os Pinguins do Sr. Popper, de 1938, terá sua primeira tradução no Brasil em junho, pela Intrínseca. A premiada obra de Richard e Florence Atwater chega com as ilustrações originais, de Robert Lawson, a tempo de as crianças conhecerem o livro antes do filme. A primeira adaptação para o cinema está prevista para agosto, com Jim Carrey no papel central.

Mr. Popper no traço de Robert Lawson, em ilustração de 1938...

.

...e no filme com Jim Carrey, que estreia em agosto

.

INFANTIL-2
Em tempos de bullying

Destaque do catálogo da 48.ª Feira do Livro de Bologna, maior evento mundial de literatura infantil, de 28 a 31/3, O Menino Grisalho abre coleção que Fabrício Carpinejar planeja “infinita”. Meninos e Meninas abordará crianças que sofrem pela diferença, caso de A Menina Superdotada, previsto para maio; O Menino Vegetariano, cujo pai, gaúcho, pensa que é doença; e O Menino Tímido, que deixa o cabelo crescer até sumir.

VIAGEM
Diário de uma pesquisa

Após a elogiada estreia em romance com A Passagem Tensa dos Corpos (Companhia das Letras), finalista do Prêmio Portugal Telecom, Carlos de Brito e Mello empreendeu projeto antigo: foi à Ásia terminar a pesquisa para A Cidade, o Inquisidor e os Ordinários, romance sobre a relação dos homens com as crenças e entre si. Parece tese, diz Melo, mas “o literário fica em primeiro plano”. Um diário informal está acessível no endereço teviu.posterous.com.

FILOSOFIA
Heidegger e as mulheres

As rígidas recomendações deixadas por Martin Heidegger (1889-1976) para traduções de sua obra – nada de notas de rodapé nem textos de terceiros, por exemplo – tornam a aquisição de direitos de seus títulos um desafio. A Tinta Negra superou essa etapa após um ano de negociações com o filho do filósofo, Hermann. Was Heisst Denken? ganha versão brasileira em 2012, por Edgar Lyra. O título provisório é O Que É o Pensar?

*

Ainda este ano, a editora publica Heidegger: O Nazismo, as Mulheres, a Filosofia, no qual os franceses Alain Badiou e Barbara Cassin discutem polêmicas em torno do alemão.

TRADUÇÃO
Mercado à vista

Do tradutor John O”Kuinghttons, que vem vertendo para a chilena Tajamar obras de Rubem Fonseca: “Está começando no Chile um movimento por traduções feitas para o país, em vez de compradas da Espanha”. As novas versões, que respeitam especificidades do espanhol local, renovaram o interesse da crítica local na obra do brasileiro.

Colaborou Ubiratan Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: