Bibliotecas pós-terremoto no Japão


Vi no Bibliotecários Sem Fronteira, que encontrou esse link com imagens postadas por usuários.

Anúncios

11 Respostas

  1. Triste….mas pelo menos os livros podem ser postos de volta no lugar – as vidas perdidas, porém, não poder ser recuperadas….

  2. Eai! Quem topa reorganizar essas prateleiras ein!?

  3. Nossa eu até choro quando vejo isso ninguem merece perde a vida desse jeito

  4. Apesar da tragédia, os livros parecem que estão intactos e servirão ainda por mtos e mtos anos!
    Nem quero pensar e falar nas perdas humanas…

  5. ainda não inventaram um dispositivo pra impedir q os livros caiam?

    • Inventaram! Ficar nas mãos de pessoas ignorantes iguais a você, para lerem ou aprenderem mais… Foi um terremoto, seu idiota!!!

  6. Em meio à tanta tragédia, há de se encontrar uma forma de reorganizar as bibliotecas…

  7. Os livros servirão pra que as gerações futuras não esqueçam jamais essa imensa tragédia.

    Aos japoneses fica a difícil oportunidade de recomeçar uma nova vida, um país que já foi brutalmente atacado na 2° Guerra Mundial, e sofreu diversos desastres naturais, que prova tem esse povo.

  8. Os livros, assim como as pessoas, tombaram com o terremoto.
    Os conhecimentos humanos, registrados nos livros, inexoravelmente retornarão aos seus respectivos lugares, acessíveis a todos. As pessoas que despertarem e se perceberem inseridas na graça e no mistério da vida, desafiarão os horrores da mente e superarão seus limites, iluminando os espaços obscuros que poluem o intelecto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: