O fim das marginálias? Uma alternativa a elas, talvez


“Eu posso fazer anotações nas margens dos meus livros – e compartilhá-las em redes sociais.”

Esse vídeo eu queria postar aqui desde que foi exibido no seminário sobre livros eletrônicos da Feira do Livro de Londres, mas, é claro, esqueci assim que coloquei os pés fora do auditório. Acabou de ser exibido no segundo Congresso Internacional do Livro Digital, que estou acompanhando em São Paulo, então resolvi pôr aqui antes que a lembrança escapasse mais uma vez.

A frase que abre o post, tirada do vídeo, é uma resposta a quem vê nos e-books a ameaça do fim das tão amadas marginálias. (Não sei se o fim da marginália me preocupa tanto, mas confesso que, vendo toda essa gente aqui fazendo anotações em netbooks e iPads – eu trouxe meu laptop gigante de casa, praticamente um PC dobrável – fico pensando se eles não sentem falta de rabiscar desenhos em bloquinhos enquanto os homens falam lá na frente…)

O vídeo, enfim. É propaganda, obviamente, mas vale dois minutos da sua vida. Quer dizer, eu acho.

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/Z5G6yTOWhdE" width="425" height="350" wmode="transparent" /]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: